Escrito por 14:58 E-mail Marketing

Taxa de entregabilidade dos e-mails cresce no Brasil, mas segue abaixo da média global

Relatório da Return Path mostra setores de seguros, tecnologia e autopeças como os de menor eficiência em atingir a caixa de entrada dos consumidores

De acordo com o Relatório de Entregabilidade 2016 da Return Path, os e-mails comerciais do Brasil estão cada vez mais próximos da caixa de entrada dos clientes, mas ainda podem melhorar. A pesquisa registrou que a taxa de entregabilidade no País em 2016 foi de 84%, contra 74% em 2015 e 60% em 2014.

“A elevação do índice é significativa e animadora, mas ainda é fundamental que os profissionais de marketing reforcem a atenção no uso das boas práticas durante as campanhas de e-mail”, ressalta Cecilia Belele, diretora regional para América Latina da Return Path.

Apesar da taxa de entregabilidade no Brasil se manter em constante elevação, ela ainda permanece abaixo da média mundial (87%). Globalmente, aliás, o acesso à caixa de entrada enfrentou problemas em 2015, quando o índice foi 4% inferior aos 83% apresentados em 2014.

“Não acessar a caixa de entrada do cliente é sinônimo de prejuízo, porque se o assinante não vê o e-mail, não há aberturas, clique e tampouco conversões”, reforça Cecilia.

 

Taxa de entrega de e-mail na caixa de entrada

tabela

 

Setores acima e abaixo da média mundial

Ao segmentar a pesquisa, o Relatório de Benchmark de Entregabilidade 2016 da Return Path apresenta oito setores com entregabilidade acima da média mundial, com destaque para os de artigos domésticos/ materiais de construção (95%), viagens (94%) e vestuário (93%). A indústria de autopeças é a que apresenta pior índice na taxa de entrega, 66%.

Taxa de entrega de e-mail na caixa de entrada (POR SETOR)

tabela 2

 

Como acessar a caixa de entrada

Há muitos fatores que compõem a reputação de uma marca e, consequentemente, influenciam em seu acesso à caixa de entrada de um assinante. Por exemplo, para provedores de e-mail, mensagens classificadas como spam são fortes sinais de que o conteúdo é indesejado. Pensando nisso, os especialistas da Return Path sugerem 10 boas práticas que vão auxiliar remetentes a aumentar sua reputação e entregabilidade:

  1. Controle sua reputação – seja a de seu domínio remetente (caso envie e-mails de IP compartilhado) ou a de seu endereço de IP dedicado;
  2. Saiba o Sender Score de seus domínios ou endereços de IP de envio;
  3. Identifique métricas de reputação problemáticas;
  4. Garanta que links para descadastro de usuários funcionem e estejam visíveis;
  5. Autentique seus domínios de envio;
  6. Dê atenção às reclamações de usuários;
  7. Saiba quais dispositivos seus usuários utilizam para ler e-mails;
  8. Otimize suas campanhas para todos os dispositivos;
  9. Garanta que todas as URLs estejam funcionando; e
  10. Segmente sua lista com base no engajamento de seus usuários.

 

Fonte: http://digitalks.com.br/noticias/taxa-de-entregabilidade-dos-e-mails-cresce-no-brasil-mas-segue-abaixo-da-media-global/

Sharing is caring!

(Visited 43 times, 1 visits today)
Última modificação: 30 de outubro de 2020
Fechar
shares