Escrito por 10:29 Imprensa

Provedores de email lançam medidas para combater Graymails

Os provedores como Hotmail, Yahoo e Gmail estão se mobilizando para contornar o problema que vem enfrentando com o baixo índice de atividade de suas caixas postais. A maioria vem atribuindo esse desinteresse dos usuários ao alto número de SPAM e a falta de relevância dos conteúdos recebidos.

Os provedores como Hotmail, Yahoo e Gmail estão se mobilizando para contornar o problema que vem enfrentando com o baixo índice de atividade de suas caixas postais. A maioria vem atribuindo esse desinteresse dos usuários ao alto número de SPAM e a falta de relevância dos conteúdos recebidos.
Para aumentar a movimentação das contas dos usuários, os provedores estão cada vez mais rigorosos em relação às mensagens que podem desagradar os usuários. O Hotmail, por exemplo, acaba de anunciar medidas restritivas em relação aos chamados Graymails.
Mas, mas afinal o que é Graymail?
Um Graymail é aquela mensagem que para uma pessoa pode ser classificada como spam e para outra pode ser um email importante. Pode ser formado por newsletters, boletins informativos, ofertas, emails comerciais, notificações de redes sociais e diversos outros tipos de comunicação. O que caracteriza uma mensagem como Graymail é que mesmo contando com a autorização dos usuários, elas não oferecem conteúdos que representem os atuais interesses dessas pessoas.

De acordo com o Hotmail, atualmente, cerca de 75% dos emails reportados como Spam pelos usuários, na verdade são Graymails. Para combater esse tipo de mensagem, eles estão monitorando as ações dos usuários de maneira mais efetiva. Uma das maneiras encontradas para essa “fiscalização” é a utilização de Spamtraps. Com as novas resoluções, o provedor não está mais pegando apenas contas que não existem há tempos para transformar em Spamtrap, as que estão inativas há muito tempo também estão sendo transformadas antes que se tornem inválidas. A intenção do Hotmail com essa medida é reduzir ao máximo a quantidade de material de divulgação que seus usuários e seu próprio sistema recebem.
Para evitar que suas mensagens sejam classificadas como um Graymail, você precisa, cada vez mais, se adaptar a essas novas regras e perceber que enviar email marketing não é mais uma prática rápida e barata. Todo o trabalho deve ser pensado com o objetivo de atrair individualmente a atenção dos usuários.
A principal recomendação para que suas ações não sejam afetadas é a de enviar emails somente para usuários ativos, ou seja, aqueles que interagiram com suas mensagens nos últimos 3 meses, uma vez que qualquer email enviado para usuários do hotmail, que atingiram a caixa de entrada mas não geraram resposta, ou seja, o usuário não abriu, não apagou, nem clicou na mensagem, a mesmo será classificada como Graymail.
Outra dica é fazer atualizações constantes de suas bases. Você pode fazer isso enviando emails que perguntem aos usuários se eles ainda têm interesse em receber seus conteúdos e pedindo para que confirmem esse interesse através de um link presente na mensagem. Desta forma, suas listas sempre estarão compostas de usuários que de fato têm interesse em seus conteúdos, o que praticamente elimina o risco de seus emails serem classificadas como Spam.
Por Bárbara Gengo

Sharing is caring!

(Visited 15 times, 1 visits today)
Última modificação: 30 de outubro de 2020
Fechar
shares