Escrito por 16:05 Sem categoria

Fraudes incomuns no e-commerce: A importância da análise com foco nos detalhes!

Você já parou para pensar como realmente funciona a fraude nas compras no e-commerce? De onde ela vem e como ela é feita? Olhando por uma perspectiva bem característica, uma das primeiras imagens que vêm à cabeça é a de uma pessoa atrás de um computador tramando como ela entrará no cadastro de alguém ou roubar dados de uma pessoa para realizar compras. Infelizmente, fraudadores são profissionais criativos, e criaram um universo de possibilidades muito mais complexo do que esse é bem mais difícil de identificar do que se imagina.

Para exemplificar, separamos 3 tipos de fraudes fora do comum identificadas e barradas na ClearSale, que te ajudarão a entender a gravidade deste evento. 

Fraude com dados de pessoas falecidas

Não há limites sentimentais para quem realiza uma fraude. Tanto em situações através de pessoas comuns, como até mesmo das próprias funerárias. A ClearSale já conseguiu detectar até ataques (pedidos fraudulentos similares realizados em um curto espaço de tempo), em que a resolução caminhou para o uso de dados de pessoas falecidas.

Graças a um olhar apurado e que não abandona os detalhes das situações, uma análise em grupo de pedidos com características semelhantes, neste caso com eletrodomésticos de alto valor e aparelhos de ar condicionado para vários endereços situados em uma mesma região, resultou na identificação de que todos os compradores tinham o mesmo padrão de idade, mais de 80 anos e que, ao verificar de fato, todos já haviam falecido.

Fraude em vendas direto com o anunciante

Quem nunca se sentiu tentado a comprar aquele celular que tanto queria através de um grupo em uma rede social ou em um site de produtos usados? Pois é, mais um lugar onde pode morar a fraude.

Imagine a seguinte situação: alguém vende um smartphone a um cliente através de um grupo no Facebook, por exemplo, e avisa que um atendente vai ligar para confirmar a compra, a pessoa confirma e, na verdade, a empresa que ligará está tendo seu produto fraudado por quem o vendeu na rede social.

Assim, o fraudador paga o produto à loja verdadeira com dados roubados e fica com o dinheiro do consumidor que conseguiu na rede social através de um pagamento direto. E para a sua loja, sobra apenas o Chargeback.

 

Fraude em listas de casamento

Recriar uma situação que mexe com a sensibilidade das pessoas, como o momento de escolher o presente de um casal, é perfeito para que um fraudador consiga despistar olhares mais críticos sobre a situação. Por isso a atenção aos detalhes é indispensável principalmente neste tipo de situação.

Pense em uma lista de casamento onde os noivos sempre ganham os mesmos três itens como presente e todos eles de alto valor, ponto já mais do que suficiente para levantar suspeitas.

Porém, quando se averigua os dados cadastrais do casal e o das pessoas que os estão presenteando, não há nada fictício ou que cause desconfiança. Mas, ao conferir as redes sociais dos dois: bingo! A dita noiva é casada com outra pessoa há anos e expõe isso no seu perfil livremente e ao realizar contato telefônico com algumas das pessoas que estariam comprando os presentes, as transações são negadas e os nomes dos noivos não reconhecidos. Fraude detectada!

 

Então, qual o segredo para combater até as fraudes mais complexas?

Por muitas vezes, quando se olha um pedido isolado ou apenas com regras de aprovação e reprovação automática, ele pode parecer bom dentro das regras criadas, mas assim como os casos reais que citamos, algumas situações só podem ser identificadas quando analisadas em grupo, com a força da subjetividade do olhar humano, assim é possível identificar detalhes que só a visão do todo proporciona.

E, além disso, com esta técnica é possível retroalimentar tecnologias, como Behavior Analytics ou Machine Learning e dar às máquinas mais um artifício de identificação da fraude que acabam as diferenciando de tudo que o mercado possa oferecer.

Assim, se torna cada vez mais possível estar um passo à frente da fraude e alimentar diariamente todo ecossistema de mercado com um olhar refinado sobre a fraude e também para que quando um ataque for identificado em uma loja A, a loja B, C e dali em diante, que também poderiam ser atacadas, não entrem nesta esteira. Portanto, nenhum detalhe é indispensável quando o assunto é excelência e qualidade na análise da fraude.

Gostou desse texto? Quer saber mais sobre essa parceria All iN Clear Sale? Continue acompanhando o nosso blog e fique sempre ligado nas dicas da líder em prevenção de fraude no e-ecommerce.
Texto originalmente produzido por ClearSale, especialista em análise de fraude.

Sharing is caring!

(Visited 16 times, 1 visits today)
Última modificação: 30 de outubro de 2020
Fechar
shares