Escrito por 15:14 Estratégias

Segmentação: necessidade ou realidade do email marketing?

O primeiro grande passo para o email marketing é a criação do banco de dados. Sem ele, não há como realizar uma campanha de êxito junto a seu público opt-in. Contudo, sabe-se que um dos fatores mais importantes para o seu sucesso é a segmentação. Através dela é possível mandar conteúdo de relevância e aumentar a conversão de uma campanha.

O primeiro grande passo para o email marketing é a criação do banco de dados. Sem ele, não há como realizar uma campanha de êxito junto a seu público opt-in. Contudo, sabe-se que um dos fatores mais importantes para o seu sucesso é a segmentação. Através dela é possível mandar conteúdo de relevância e aumentar a conversão de uma campanha.
Existem várias maneiras de segmentar uma campanha de email marketing:
1 – Sociodemográfica: agrupar de acordo com as características em comum: sexo, idade, filhos, estado civil.
2 – Geográfica: dados geográficos que incluem desde um país até o bairro ou rua do usuário. Zona de residência.
3 – Grupos de interesse: realização de pesquisas e enquetes para descobrir o interesse do seu público. Formulários de preenchimento no ato do cadastramento.
4 – Data de assinatura: é importante guardar essa data na lista para envio de emails de boas vindas ou introdutórios do conteúdo.
5 – Atividade no newsletter: ficar atento a taxa de abertura e/ou clique nos emails de campanhas anteriores é importante para avaliar o grau de interesse do usuário. Sendo assim, continuar a oferecer ou não o mesmo tipo de produto ou conteúdo.
6 – Não atividade no newsletter: experimentar com esse grupo suas ações de campanha. Enviar news em horários, datas e formatos diferentes. Podem-se enviar pesquisas ou formulários para análise de interesse deste público específico. Lembre-se de enviar sempre nos emails a opção de descadastramento voluntário.
7 – Domínio: é possível agrupar por domínio caso você tenha clientes corporativos. No entanto, pode-se também agrupar por webmasters como Gmail, Yahoo, Hotmail.
8 – Atividade no site: identificar a busca de produto ou conteúdo do usuário dentro do seu site. Essa ação permite enviar a ele, descontos ou informações adicionais ao que ele procura. Identificar intenção de compra.
9 – Histórico de compras: análise de poder de compra e categorias de interesse. Possibilidade de ofertar acessórios para compor o produto ou conteúdos similares. É uma ótima opção para identificar interesse e planejar uma campanha adequada ao perfil de consumo do usuário.
Há 30 anos a segmentação era um conceito, hoje é uma necessidade. De nada adianta uma campanha de email marketing mal planejada. O envio de emails sem segmentação gera pouco resultado e pode causar “cegueira” no destinatário. Não só pela quantidade de emails recebidos, como também pela diversidade de ofertas e conteúdos.

Sharing is caring!

(Visited 47 times, 1 visits today)
Tags:, , , , , , , , , Última modificação: 3 de novembro de 2020
Fechar
shares