O inbound marketing e a estratégia do e-mail marketing - All iN

O inbound marketing e a estratégia do e-mail marketing

A gente ouve muito falar sobre a importância de investir em inbound marketing, além de como empresas de todos os setores têm obtido grande resultados a médio e longo prazo. Mas primeiro, você sabe o que é Inbound Marketing?

De uma maneira bem simples e resumida, o Inbound Marketing ou marketing de atração trabalha na contramão do marketing tradicional que estamos acostumados a fazer. Ao invés de ir atrás dos clientes, comprando espaços e impactando-o com mensagens publicitárias, o inbound faz com que os clientes venham atrás da empresa em busca de mais informações ou soluções a partir do tipo de conteúdo pelo qual foram impactados.

 

Mas como fazer?

A dica para começar a fazer esse tipo de marketing é oferecer aos clientes o que chamamos de “conteúdo rico ou de valor”, ou seja, conteúdos sem cunho publicitário que possam ensinar, indicar caminhos novos ou até tirar dúvidas dos clientes em determinado assunto no qual sua empresa é referência. Por exemplo, se você é da equipe de marketing de uma faculdade, pode pensar em oferecer conteúdos com dicas de como fazer um bom vestibular, plantão tira dúvidas com alguns professores, apresentar a diferença entre cursos, etc.

Se você é do setor de moda e beleza por exemplo, pode investir em tutoriais de maquiagem para dia a dia, eventos especiais ou combinações de looks usando as principais tendências da estação.

 

E os canais?

 Depois do seu conteúdo pronto, você precisa escolher a melhor forma de publicá-lo. Para temas mais curtos e visuais, infográficos e vídeos nas redes sociais são uma boa pedida. Se você tiver um blog com bom acesso, pode aproveitar para investir em conteúdos com “parte 1” e “parte 2”, prendendo a atenção do leitor por mais tempo. Para conteúdos mais densos, temos a opção de e-books que podem ser baixados mediante o preenchimento de um formulário de contato ou até mesmo um webinar, que pode solicitar o e-mail do participante.

 

Divulgação do conteúdo

Com o conteúdo e o e-mail do usuário interessado em mãos, agora é hora de preparar a estratégia de divulgação e é aqui que entra o e-mail marketing. Lembre-se que mais de 60% dos conteúdos ricos da internet são divulgados como “uma moeda de troca”. Ou seja, para receber determinado conteúdo você precisa preencher um cadastro informando seus dados e a chave de contato para a maioria desses materiais é o e-mail, já que muita gente prefere não informar o telefone. Com isso, você precisa planejar desde o primeiro e-mail que dará ao leitor o acesso ao conteúdo ou mais informações de quando ele estará disponível (no caso de um webinar por exemplo, que acontecerá em determinado dia e local), até os e-mails seguintes que podem oferecer mais conteúdos e identificar qual o interesse do usuário por determinado tema.

 

Não peça em casamento antes de conhecer

Muito cuidado em oferecer logo de cara seu produto. A inserção de conteúdo comercial deve ser discreta e implícita. Afinal, você aceitaria um pedido de casamento de quem acabou de conhecer? A resposta mais óbvia é o não. Então por que seu cliente também deveria comprar seu produto sem ao menos conhecer sua marca ou estar pronto para essa aquisição? Tenha paciência para conhecê-lo melhor, identificar gostos e preferências de conteúdo e separar no final os usuários mais engajados com sua marca. No final desse período, você pode convidá-lo para um café da manhã na sua empresa, conhecê-lo pessoalmente e tentar fechar uma venda. E aí? Está pronto para testar essa ideia com a gente? 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *