Escrito por 09:00 Estratégias, Marketing Digital

Marketing digital e mídias sociais: amplie seus conhecimentos

Mulher manuseando seu celular com expressão alegre demonstrando sua satisfação e o sentimento de ter tudo no mesmo ambiente por conta de uma estratégia de marketing digital e mídias sociais bem elaborada.

O marketing digital passou a existir após a necessidade da reinvenção dos profissionais da área: se tudo estava online, o marketing também precisava estar. 

Inclusive, quando falamos em marketing digital, quase que imediatamente associamos as mídias sociais, mas o conceito vai além desses canais: sites, blogs, podcasts, estratégias de mídia e SEO também fazem parte desse grande método que tornou-se uma tendência consolidada no Brasil e no mundo.

Mas já que a associação entre marketing digital e mídias sociais é tão normal, vamos explorar mais essa frente, ok? 

Como você sabe, as mídias sociais são canais que fomentam as conversas e visam a interação entre os usuários, mas também assumiram um outro papel: o de divulgar marcas e vender produtos, afinal, se os brasileiros gastam mais de 3h por dia nas redes, a sua marca também precisa estar lá, concorda? É o famoso “quem não é visto, não é lembrado”,! 😉

Por isso, nós da All iN vamos te contar tudo sobre a união entre marketing digital e mídias sociais, além de mostrar um pouco sobre como essa junção funciona!

Como unir marketing digital e mídias sociais de maneira efetiva?

Celular trazendo os ícones representando as funcionalidades presentes no mundo digital mostrando a importância de unir marketing digital e mídias sociais.

Que as redes sociais são o futuro, todos nós já sabemos, não é mesmo? Mas e agora, como unir marketing digital e mídias sociais numa estratégia eficiente? Sem pira, porque a gente a sua marca ajuda nessa!

O primeiro passo para criar uma estratégia unindo marketing digital e mídias sociais, é estruturar um planejamento da sua marca: quem é a marca, qual o objetivo, com quem você quer falar e etc. 

Esse planejamento guiará toda a sua comunicação e suas ações nas redes e é essencial para quem quer usar os canais como um ponto de contato com os clientes, ampliar a mensagem da empresa e até vender – embora esse não seja o objetivo mais adequado, já que as redes sociais são consideradas uma etapa de topo de funil, onde você prioriza o conhecimento e o relacionamento com o usuário.

As redes sociais são canais interessantes para se trabalhar com conteúdo educacional, inspiracional e de relacionamento, aproximando-se dos visitantes, leads e clientes. 

Aliás, criar um planejamento específico para as mídias sociais também ajudará a marca a entender como esse contato funcionará de maneira mais clara, priorizando a nutrição dos usuários e a humanização da marca.

Defina as redes sociais adequadas

Essa também é uma das etapas do seu planejamento de marketing digital e  mídias sociais: quais as redes sociais mais adequadas para a sua marca? Para responder essa pergunta, é preciso, novamente, estruturar o seu planejamento. 

Volte alguns passos e pense: quem é o seu público-alvo? Como ele se comunica, quais redes e formatos ele prefere? Ao definir a persona do seu negócio, você terá essas respostas mais claras e, consequentemente, entenderá quais são as melhores redes para conversar diretamente com o seu público, tornando a comunicação mais assertiva e eficaz.

Marketing digital e mídias sociais demandam um calendário editorial

Lembra que nós falamos de conteúdo educacional, inspiracional e de relacionamento? Essas linhas editoriais também serão definidas no seu planejamento de marketing digital e mídias sociais. 

Criando um calendário editorial você terá uma visão macro do seu cronograma, entendendo quais conteúdos fazem mais sentido em determinado momento e analisando quais datas comemorativas podem ser aproveitadas pelo seu negócio, por exemplo.

Novamente, a criação da persona te ajudará aqui. Isso porque, sabendo com quem você está falando, é mais fácil definir quais conteúdos são mais interessantes para essa pessoa e em qual momento se encaixam melhor. 

Por exemplo: em um primeiro momento, você pode trabalhar uma fase de conhecimento da marca, criando posts institucionais e tirando dúvidas e, em paralelo, criar conteúdos educacionais sobre o seu nicho ou produto – claro que com sutileza. Afinal, estamos nas redes sociais essencialmente para interagir, comprar é a consequência de uma estratégia de marketing digital e mídias sociais bem feita.

Acompanhe as métricas

Não existe estratégia de marketing digital e mídias sociais sem acompanhamento de métricas e isso é ótimo! Pense na dificuldade que era medir o sucesso de um comercial de TV ou rádio, por exemplo. No mundo do marketing digital e mídias sociais, nós temos os resultados de tudo que é feito em poucos cliques e, só assim, é possível entender se a sua estratégia está funcionando realmente.

Acompanhe regularmente as métricas que você definir importantes e entenda a saúde do seu planejamento estratégico: está funcionando como deveria? A sua persona está sendo impactada efetivamente? O que precisa e pode ser ajustado? Como melhorar a jornada? Quais conteúdos fazem mais ou menos sucesso? 

Você tem todas essas informações em poucos minutos e elas são fundamentais para entender quais os próximos passos do seu negócio no mundo do marketing digital e mídias sociais.

Marketing digital e mídias sociais: conhecendo um pouco de cada uma dessas redes

Celular trazendo os ícones das redes sociais salientando como elas são importantes e estão inseridas no dia a dia das pessoas, reafirmando a necessidade de unir marketing digital e mídias sociais.

Utilizando marketing digital e mídias sociais você garante que um grande número de pessoas entre em contato com a sua marca e, assim, potencializa suas futuras possibilidades de conversão!

Agora que você já sabe como começar uma estratégia de marketing digital e mídias sociais, é hora de entender melhor como funciona cada uma dessas famosas redes que estão, tanto na boca quanto nas mãos do povo.

Facebook 

Apesar de ser a mais popular das redes sociais, o Facebook tem caído em desuso. Ainda assim, com 2,85 bilhões de usuários ativos em todo o mundo, é a rede com maior receita da internet, porém no Brasil tem sido deixada de lado. 

Mesmo assim, existem estratégias que podem ajudar a alavancar as marcas na principal rede do tio Zuckerberg: estratégias de conteúdo alinhadas com a mídia paga ainda funcionam muito bem na rede, é possível segmentar suas campanhas e explorar formatos e públicos levando mais pessoas a conhecerem sua marca.

Outra estratégia que tem ganhado relevância no Facebook são as ações nos grupos. Recentemente a empresa, inclusive, promoveu a funcionalidade em uma campanha global, fortalecendo a popularidade dos grupos que permitem criar estratégias específicas para nichos.

Instagram

O Instagram se tornou uma das redes preferidas e já conta com mais de 1 bilhão de usuários ativos, sendo que 500 milhões acessam o aplicativo diariamente! 

Nele, também é possível trabalhar com campanhas de mídia paga para ampliar a mensagem da sua marca e, recentemente, foi lançada a funcionalidade “compras”, onde é possível comprar diretamente do aplicativo. 

Essa função é considerada uma facilitadora para quem trabalha com vendas nas mídias sociais, otimizando, inclusive, a experiência do usuário que tem as informações muito mais rapidamente sem sair da navegação.

TikTok

A rede nasceu em 2014, mas ganhou popularidade a pouco mais de 2 anos, principalmente aqui no Brasil. Basicamente, a ferramenta possibilita a divulgação de vídeos curtos com funcionalidades que tem mexido com a criatividade dos usuários, dentre elas temos super edições, trilha sonora e efeitos para satisfazer a todo tipo de usuário. 

Recentemente, a plataforma também disponibilizou o “TikTok for Business”, onde é possível ir além e explorar recursos exclusivos para as contas comerciais. Poucas empresas conseguiram criar cases de sucesso na rede, então é um bom lugar para explorar!

Pinterest

O Pinterest foi criado em 2010 e nunca foi a mais popular das redes, entretanto, é perfeitamente possível incluí-lo na sua estratégia de marketing digital e mídias sociais

A plataforma é mais restrita em termos de usuários, ou seja, não é todo mundo que tem uma conta no Pinterest, mas se o seu nicho atende esse perfil de usuário, você terá ali um público mais qualificado. Através das dicas e belas imagens é possível, também, criar um ponto constante de tráfego para o seu site ou blog, por exemplo. E, por consequência, levar esse público qualificado às outras etapas do seu funil.

YouTube

Segundo uma pesquisa divulgada em 2020, mais de 105 milhões de brasileiros acessam o YouTube todos os dias. A rede se tornou um acervo para quem quer aprender, ensinar, entreter, ser entretido, ouvir música, assistir filmes e etc. 

Com o alto poder de engajamento dos vídeos, o YouTube tornou-se mais uma tendência consolidada no hall de mídias sociais dos usuários e apresenta resultados impressionantes a partir de lives, YouTubers famosos, quebra de recordes e outros cases que, por enquanto, só a rede conquistou.

Pessoas sentadas em uma mesa com seus dispositivos eletrônicos segurando papéis que representam as diversas redes sociais e suas várias funcionalidades que podem ser usadas na união entre marketing digital e mídias sociais.

Marketing digital e mídias sociais são o futuro, certo? Então agora que você já sabe um pouco sobre todo esse universo, partiu criar suas estratégias? E claro, pode contar com a gente nessa!

Twitter

O Twitter já foi uma rede muito requisitada e acabou sendo substituída por outras, como o Instagram. Entretanto, ainda existe muito conteúdo de qualidade e estratégias específicas para a rede. 

Com a agilidade da plataforma, é possível cobrir assuntos do dia a dia, responder dúvidas e reclamações, além de gerar conversas. Essa, inclusive, é um dos benefícios mais relevantes do Twitter: as conversas acontecem o tempo todo e você consegue ver e responder com apenas alguns cliques, em tempo real!

Além disso, a rede também tem se atualizado e disponibilizado novas ferramentas, como o Twitter Spaces, por exemplo, que permite a abertura de canais por voz para os usuários conversarem.

LinkedIn

O LinkedIn passou de um currículo móvel para uma rede social que tem ganhado adeptos e várias estratégias específicas. 

Na versão gratuita da plataforma, é possível interagir com os usuários, procurar vagas, escrever e receber recomendações e até produzir artigos. Já com a versão Premium, é possível filtrar mais precisamente as vagas de emprego, gerar leads para o seu negócio, encontrar talentos e publicar vagas, além de obter informações detalhadas sobre os negócios e até aprender novas competências. 

A versão premium é comumente utilizada por marcas para analisar e entender melhor o mercado, a concorrência e até os usuários que estão interagindo com a empresa ou buscando emprego, por exemplo.

Ufa, são muitas redes sociais! Fala pra gente se a sua marca já começou a união de marketing digital e mídias sociais! Está dando certo? E como podemos te ajudar? Compartilhe nos comentários! 

E não esqueça que nós também estamos por lá, nos envie uma mensagem aqui ou acesse nossas redes, é só descer um pouquinho que você encontrará onde estamos disponíveis. 😎

(Visited 7 times, 1 visits today)

Sharing is caring!

Tags:, , Última modificação: 16 de novembro de 2021
Fechar