Escrito por 06:00 Estratégias, Marketing Digital

Funil de marketing é importante para minha estratégia?

O varejo online vem crescendo cada vez mais, apenas no primeiro semestre de 2020 o faturamento foi de R$ 38,8 milhões e, com isso, as formas de se comunicar com os clientes também precisam se atualizar. Com a transformação digital cada vez mais acelerada e o surgimento da sociedade 5.0, o comércio também tem se reinventado constantemente e os clientes querem cada vez mais.

Hoje, existem diversos canais de comunicação que proporcionam contato direto com os consumidores, mas engana-se quem pensa que basta expor os produtos para vender, eles estão mais exigentes, informados e conscientes. 

Por isso, é preciso estudá-los e entender quais estratégias de marketing digital funcionam com cada tipo de público, além de saber quando, onde e como é possível atingi-los.

Nesse cenário, surge o funil de marketing, um importante fundamento para quem trabalha com comércio online e que promete contribuir com as suas estratégias online. 

Você já conhece o funil de marketing, sabe a diferença entre o funil de vendas? 

Continue a leitura e descubra mais sobre a abordagem. 

O que é funil de marketing?

Imagem vetorizada mostrando as etapas do funil de marketing

Entenda cada etapa do funil de marketing para acertar em suas estratégias de marketing.

O funil de marketing vem para guiar a jornada que encontramos no inbound marketing. Mas, para entendermos melhor esta ideia, vamos voltar ao inbound marketing: neste conceito, deixamos de enviar comunicações para qualquer consumidor e oferecer produtos indiscriminadamente, para adotar a estratégia contrária – sim, exatamente o contrário. 

No inbound marketing, oferecemos conteúdo, damos dicas sobre assuntos que permeiam o universo do produto/serviço, mostramos como resolver a dor daquele cliente e criamos um fluxo – ou um funil – provando como aquele produto é ideal para ele.

Agora, o cliente está no centro da estratégia e o funil de marketing é o guia, funcionando como no funil de vendas: começamos no topo – em que o número de potenciais clientes é amplo – e vamos até o fundo – no qual conseguimos extrair os mais qualificados. 

Para exemplificar melhor, vamos as fases: 

O topo 

O topo do funil de marketing é considerado como uma fase de “aprendizado” ou “descoberta”, nesse momento o consumidor não procura nenhuma solução específica, algumas vezes ele ainda não sabe que tem um problema, por isso, essa fase é utilizada para contextualizá-lo sobre o assunto. 

Sem termos técnicos ou venda de produtos, o topo de funil é a etapa em que utilizamos estratégias de marketing digital mais amplas, como as redes sociais ou os textos de blogs.

Esse é o momento de você conhecer o seu público, saber quem se interessa pelos conteúdos que está oferecendo, quem interage com as suas redes sociais e oferecer materiais que permitam que você colha algum dado, como se inscrever na newsletter, por exemplo. 

Considere o topo de funil tanto para a sua marca, quanto para o seu cliente, é o momento de vocês terem os primeiros contatos.

O meio 

Nessa etapa do funil de marketing, consideramos que o consumidor já percebeu que tem um problema e está começando a buscar soluções

Agora, você já conhece um pouco mais do comportamento online daquele consumidor, conseguiu avaliar as páginas que ele visitou e em qual ele ficou por mais tempo, você também já tem alguns dados dele, como o nome e e-mail. 

Ou seja, já é possível seguir adiante no fluxo do funil de marketing, é possível oferecer novos conteúdos com base nos que ele consumiu anteriormente, além da possibilidade de segmentar os seus e-mails com as informações que tem. 

Nessa etapa, já é possível ser mais específico quanto à solução que o consumidor procura, seja cuidadoso ao expor o seu produto e lembre-se que ele já não é mais um visitante: a partir do momento que forneceu dados para acessar algum material, por exemplo, aquele consumidor se tornou um possível cliente e esse meio de funil deve fazê-lo seguir em frente. 

O fundo do funil de marketing

No fundo do funil de marketing, o usuário já entendeu que tem um problema, procurou soluções e encontrou você e outras empresas que podem ajudá-lo, agora ele está buscando a melhor oferta. Não só financeiramente falando, ele busca empresas que prezam pelo atendimento, tenham valores e proporcionem uma experiência de compra satisfatória.

Seja específico, mostre que tem autoridade no assunto e prove que a sua solução é a melhor para ele, uma boa dica é apresentar casos de sucesso; assim ele verá outros consumidores satisfeitos com a sua marca.

Ofereça degustações do seu serviço, disponibilize cupons de descontos ou outros benefícios que validem a importância dele para o seu negócio. 

Esse é o momento de conquistar, se você seguiu todas as etapas do funil de marketing corretamente, muito provavelmente a sua marca é uma das primeiras opções daquele consumidor, agora só é preciso confirmar essa escolha.

Lembre-se que este é o último step antes de ele converter e se tornar oficialmente o seu cliente, já é qualificado o suficiente, entendeu o problema que tem e encontrou a sua solução para ajudá-lo, essa é a hora de consolidar todo o trabalho que já realizou até aqui. 

Diferença entre funil de marketing e de vendas

Imagem vetorizada mostrando símbolos que representam clientes entrando em um funil e saindo como símbolos de dinheiro

Entenda a diferença entre funil de marketing e de vendas, para ter uma estratégia ainda mais certeira.

É muito comum confundir o funil de marketing e o funil de vendas, mas é importante entender que eles possuem diferenças determinantes para a sua estratégia de marketing digital.

O funil de marketing visa acompanhar e entender a jornada de compra do consumidor, essa observação permite compreender o comportamento desse cliente em potencial, identificar gatilhos que possam despertá-lo para a ação e avaliar qual a melhor estratégia de marketing digital para fazê-lo avançar no funil de marketing, até virar um lead qualificado. 

Já no funil de vendas, consideramos que o visitante já está apto a comprar, precisa apenas de mais alguns esforços para concluir a venda. 

Enquanto no funil de marketing falamos de aprendizado, consideração, conversão e fidelização, no funil de vendas os objetivos são mais diretos, comumente considerados como: proposta, negociação e fechamento.

Essa é a principal diferença entre o funil de marketing e de vendas, com isso, cada estratégia de marketing digital é planejada de um jeito específico de acordo com o fluxo criado pelo time de marketing e vendas – lembrando que é preciso que as áreas trabalhem integradas para alcançar um resultado satisfatório para ambas.

Qual a importância do funil de marketing para sua estratégia?

Mulher e homem sentados, se cumprimentando

Integrar o funil de marketing em sua estratégia é conseguir captar e transformar mais usuários em clientes em potenciais, além de melhorar sua marca.

Você já deve ter percebido como o funil de marketing fará a diferença em sua estratégia de marketing digital, né? Através dele é possível conhecer o consumidor, entender seus hábitos de consumo e padrões de comportamento, além de estar diretamente ligado ao inbound marketing – o que, além de ser tendência, é muito mais valioso para os clientes. 

O consumidor não quer mais receber e-mails indesejados e propagandas de produtos que ele jamais usaria, ele quer ofertas direcionadas e que atendam os desejos que ele demonstra nas páginas visitadas. 

Uma dica bônus que vai te ajudar a trabalhar com o funil de marketing é a mensuração de resultados! 

Analise como está a jornada de compra do seu visitante, entenda se a conversão para cliente em potencial está acontecendo no momento e do jeito que deveria e avalie os seus resultados constantemente, só assim é possível identificar melhorias, aprendizados e possíveis alterações na rota.

Lembre-se sempre: o consumidor deve ser o centro da estratégia.

O que você achou do funil de marketing? Se ainda não experimentou, que tal tentar? Compartilhe com a gente suas experiências e conheça mais sobre o assunto em nosso blog!

Sharing is caring!

(Visited 28 times, 1 visits today)
Última modificação: 20 de janeiro de 2021
Fechar
shares