Escrito por 11:00 Estratégias, Sem categoria

Filtros de segmentação: o que são e como usar corretamente?

“Relevância” é uma palavra bastante popular no marketing atualmente. Seu uso cada vez mais comum demonstra a importância de as marcas oferecerem valor ao consumidor.

No universo do e-mail marketing, o que significa ser relevante? A resposta é simples: enviar o conteúdo certo, para a pessoa certa, no momento certo. Esse é o caminho para oferecer valor aos inscritos na lista de e-mails.

Para isso, você precisa identificar perfis e comportamentos que mostrem o que as pessoas devem receber em sua caixa de entrada, de maneira que os e-mails sejam valiosos para elas.

Então, neste post, vamos falar sobre como usar filtros de segmentação para ter uma estratégia de e-mail marketing mais relevante para o público. Acompanhe:

O que são filtros de segmentação?

Imagine que você tem um e-commerce de esportes. Existem pessoas que gostam mais de futebol; outras, de basquete. Alguns contatos da sua base são adolescentes; outros, já são adultos. Há usuários que compraram na sua loja ontem, mas já faz um ano que alguns não aparecem.

Os filtros de segmentação são critérios usados justamente para agrupar esses consumidores com características em comum. Mas por que isso é necessário em e-mail marketing? Entenda melhor a seguir.

Por que usar filtros de segmentação no e-mail marketing?

O consumidor recebe milhares de abordagens de marcas diariamente. Nos comerciais de TV, nos outdoors da cidade, nos posts das redes sociais, nas notificações do celular e, é claro, na caixa de entrada de e-mails, as empresas estão sempre tentando ganhar sua atenção.

Porém, em meio a tantos estímulos, elas só conseguem se destacar se oferecerem um conteúdo realmente valioso para o consumidor, que atenda aos seus interesses, utilize a sua linguagem, apareça na hora certa ou ajude a resolver uma necessidade.

Mas não é isso que acontece se você enviar a mesma mensagem para toda a sua base de e-mails — prática que ainda é bastante comum entre as empresas. Dessa forma, certamente boa parte dos contatos vai achar o e-mail irrelevante ou inoportuno.

Isso acontece, simplesmente, porque cada pessoa é única. E é assim que os contatos da sua base devem ser tratados. Então, os filtros de segmentação servem para identificar e categorizar os elementos que caracterizam os consumidores.

Assim, é possível enviar e-mails adequados a cada perfil e conquistar a atenção dos consumidores.

Quais tipos de filtros podem ser usados?

Conheça agora quatro tipos de filtros que podem ser usados no e-mail marketing para criar estratégias mais relevantes. Confira:

1. Segmentação por perfil

Idade, gênero, profissão, cargo, faixa de renda, data de nascimento, cidade, assuntos de interesse — tudo isso pode ser um critério de segmentação por perfil.

Por exemplo, se você trabalha em uma empresa B2B, é importante conhecer o cargo do destinatário do e-mail, já que a abordagem é bem diferente entre o estagiário e o diretor da empresa.

2. Segmentação por comportamento no e-mail

Também é possível identificar as reações dos contatos ao receber um e-mail da sua empresa: leu, clicou, respondeu, encaminhou, entre outras ações.

Com esse filtro, você pode, por exemplo, enviar novos e-mails apenas para quem clicou no link que levava ao download de um e-book, com mensagens que indiquem outros conteúdos relacionados ou peçam um feedback sobre a leitura.

3. Segmentação por estágio na jornada de compra

Consumidores que estão conhecendo a sua empresa agora demandam uma abordagem de e-mail marketing bem diferente de quem já está prestes a comprar. Por isso, o filtro baseado na jornada de compra também pode ser usado.

Você pode identificar o estágio de diferentes formas. Por exemplo, quem baixa um e-book básico sobre algum assunto está iniciando sua jornada. Mas quem solicita a demonstração de uma ferramenta já está bem mais maduro em sua decisão de compra.

4. Segmentação por comportamento no site

Também é possível perceber as ações no site que sejam relevantes para o envio de e-mails: clicou no link, visitou a página, adicionou ao carrinho, comprou um produto, entre outras.

Por exemplo, quem abandonou o carrinho pode receber um e-mail com um cupom de desconto para finalizar a compra. Essa estratégia é chamada de retargeting e tem o objetivo de trazer de volta os usuários que já realizaram alguma ação no site.

Como usar a segmentação no e-mail marketing?

Agora que você já sabe por que usar filtros no e-mail marketing e quais tipos de segmentação existem, vamos dar algumas dicas para aproveitar melhor essa estratégia.

Defina os objetivos e critérios de segmentação

Antes de pensar em uma campanha de e-mail marketing, é importante definir quais são os seus objetivos ao criá-la, como lançar um produto ou divulgar uma oferta.

A partir disso, você saberá quais critérios de segmentação precisará para os envios. Por exemplo, se quiser lançar um produto, é preciso encontrar os consumidores que teriam mais interesse nele.

Colete as informações sobre o público

Quando você souber os critérios dos filtros de segmentação, já pode criar as condições para coletar os dados dos consumidores.

Isso pode ser feito por meio de cadastros ou de ações nos e-mails e no site. No primeiro caso, você precisa definir os campos necessários do formulário e, no segundo caso, precisa de uma ferramenta que monitore o comportamento dos usuários.

Crie conteúdos e ofertas relevantes

Com os filtros definidos, você já sabe com quais segmentos de consumidores está lidando. Então, agora é o momento crucial de criar conteúdos e ofertas relevantes para eles, com a linguagem adequada e na frequência que eles desejam. Se não cumprir essa tarefa, de nada adianta fazer a segmentação.

Realize testes A/B com cada segmento

Qual chamada gera mais conversões? Qual botão atrai mais cliques? Essas questões podem ser respondidas com os testes A/B, que servem para identificar qual versão de e-mail tem melhor performancejunto ao público.

Mas vale ressaltar que cada segmento da base tem um comportamento diferente. Por isso, os testes devem ser aplicados em cada grupo, e não na base inteira.

Mensure os resultados

Como saber se a estratégia de segmentação está dando certo? Acompanhe constantemente os resultados dos seus envios.

Métricas de abertura, leitura, descadastros, cliques e conversões dirão se o consumidor está gostando do que recebe em sua caixa de entrada, se você está atingindo os objetivos e em que pontos ainda pode melhorar.

Percebeu a importância de usar os filtros de segmentação no e-mail marketing? Com essa estratégia, as suas mensagens se tornam muito mais relevantes para o consumidor e geram resultados significativos para a sua empresa.

Agora, siga a Locaweb Corp nas redes sociais — FacebookLinkedInYouTube e Instagram — para acompanhar as nossas publicações e novidades!

(Visited 355 times, 1 visits today)

Sharing is caring!

Última modificação: 30 de outubro de 2020
Fechar