Escrito por 15:40 Sem categoria

Spam cobriu 80% das mensagens em abril

A edição de maio do relatório mensal The State of Spam, da Symantec, mostra que em abril 80% de todo o e-mail corresponderam a mensagens não solicitadas. No relatório, a empresa divide o spam em oito categorias principais, conforme o conteúdo ou tema usado pelas mensagens.

A edição de maio do relatório mensal The State of Spam, da Symantec, mostra que em abril 80% de todo o e-mail corresponderam a mensagens não solicitadas. No relatório, a empresa divide o spam em oito categorias principais, conforme o conteúdo ou tema usado pelas mensagens. São elas: produtos, adulto, finanças, scams, saúde, fraude, lazer, internet e política.

Em abril, os volumes de spam mais destacados foram os das categorias produtos  (oferta de produtos ou serviços, com 23% do total); finanças (anúncios de crédito, ações, imóveis etc., com 17%); internet (hospedagem de sites, web design etc., com 16%); e scams (pirâmides, investimentos “nigerianos” e afins, com 12%).

Vale destacar a consolidação de uma tendência já detectada há pelo menos dois anos: o menor volume de mensagens, nas oito categorias principais, pertence à categoria adulto, que envolve anúncios pornográficos, ofertas de relacionamento e congêneres. O spam adulto corresponde a apenas 6% do total. Há alguns anos, essa taxa era muito maior.

Segundo os especialistas, o declínio do spam adulto está associado à profissionalização dos spammers. Eles sabem que os e-mails pornográficos são muito óbvios e têm grande chance de ser barrados por antivírus, filtros anti-spam e outras defesas instaladas nas empresas e nos micros domésticos. Portanto, atacam em outras áreas.

Michel Araújo
CTO da All in Media

Sharing is caring!

(Visited 22 times, 1 visits today)
Tags:, , , , Última modificação: 3 de novembro de 2020
Fechar
shares