O poder da segmentação para tornar e-mails mais eficazes - All iN

O poder da segmentação para tornar e-mails mais eficazes

Você precisa atrair mais clientes para sua empresa e estreitar o relacionamento com aqueles já existentes? Diversas estratégias podem ser usadas com essa finalidade, mas uma delas é certeira: a segmentação de e-mail.

Esse fato é confirmado por dados divulgados pelo site Marketing de Conteúdo. Segundo pesquisas, a efetividade para adquirir novos clientes é 40 vezes maior através de ações de e-mail do que por meio das redes sociais.

Essa abordagem também apresenta taxa de conversão mais elevada. Os estudos apontam que o percentual de compras feitas como resultado de uma mensagem de marketing é de 69% para o e-mail, maior que redes sociais e canais offline.

Contudo, esses dados só se efetivarão na sua estratégia se você usar a segmentação. Esse critério impulsiona os resultados e traz efeitos positivos à sua aproximação com o cliente. Então, que tal saber mais sobre esse assunto? 

O conceito e a importância da segmentação de e-mail

Sua estratégia de marketing precisa contar com um público-alvo e uma persona, ou seja, uma representação fictícia do cliente ideal. Todos os e-mails precisam ser orientados para essa definição a fim de que o usuário se identifique com a mensagem.

Portanto, a ideia principal da segmentação é repassar o conteúdo certo para o público adequado, no melhor momento e relacionando o assunto ao interesse, demanda ou problema do cliente.

A complexidade começa quando você percebe que seu negócio conta com mais de uma persona e perfil de lead (potencial cliente). Essa situação é bastante comum, porque em uma base de dados haverá pessoas com características distintas.

É nesse momento que surge a segmentação. O objetivo é categorizar cada potencial cliente de acordo com interesses e características comuns, por exemplo:

  • preferências;
  • estágio na jornada de compra;
  • região em que mora;
  • renda;
  • faixa etária;
  • cargo que ocupa e por aí vai.

A partir dessa classificação ficará mais fácil sugerir um conteúdo adequado à necessidade do potencial cliente. Da mesma forma, ele se sentirá mais atraído pela oferta que sua empresa envia na mensagem.

Para entender a relevância dessa ação, basta pensar em exemplos práticos. Imagine que você acabou de comprar uma televisão. No entanto, recebe um e-mail oferecendo uma promoção para adquirir esse item. Ou, busca informações sobre gestão de empresas, mas a mensagem trata de limpeza de piscinas. Em ambos os casos há um desequilíbrio, não é mesmo?

É justamente essa situação que a segmentação procura evitar. Ela impede o envio de mensagens desinteressantes para o cliente, para que ele mantenha o interesse em receber o contato da sua empresa.

Como benefício, a segmentação de e-mails pode elevar a taxa de abertura das mensagens em até 203%, segundo o guru do marketing, Neil Patel. Além disso, uma pesquisa da eMarketer, divulgada pela HubSpot, indica que o aumento da conversão chega a 39% com essa abordagem, sendo que a capacidade de entrega de e-mail e geração de receita cresce 28%.

As formas mais eficientes de segmentar a lista de clientes

A divisão dos tipos de clientes pode ser feita de acordo com diferentes critérios, como destacamos anteriormente. Veja a seguir alguns passos para realizar segmentações de sucesso com a sua base.  

Informações coletadas

O primeiro passo é obter o máximo de dados sobre os seus clientes. As informações certas devem ser conquistadas por meio de uma estratégia, que deve passar primeiramente pela divisão dos usuários em listas. Elas podem ser referentes ao cargo ocupado, interesses prévios, materiais acessados etc.

Solicite as informações por meio de uma abordagem pouco invasiva, como uma landing page ou criando um quiz que faça com que o cliente responda de forma descontraída. Nas próximas ofertas especifique mais os dados para fornecer conteúdos relevantes conforme o cliente atravessa a jornada de compras.

Processos utilizados

Essa etapa vem após a categorização dos dados, porque o procedimento adotado depende das informações. O objetivo é desenhar o fluxo que as suas campanhas de e-mail marketing seguirão.

Por exemplo: o lead baixa o e-book X. Isso aciona o gatilho para, em alguns dias, ele receber as mensagens relativas ao workflow X. Se ele fizer o download do material Y, entra em outra abordagem. 

A ideia é saber exatamente qual conteúdo será encaminhado a partir da ação inicial, que representa um interesse da persona.

Uma estratégia de e-mail marketing bem-sucedida garante um bom relacionamento com o lead e o aumento da confiança entre sua empresa e o potencial cliente. Isso acontece porque o usuário fornece seu endereço de e-mail e, com isso, autoriza o início de uma comunicação com a marca.

Com o auxílio da segmentação, os benefícios gerados são bastante variados.

Fortalecimento da relação com os clientes

Um fluxo de e-mail marketing e newsletter — que também está contemplada nessa estratégia — estreitam o relacionamento com os clientes devido ao envio de conteúdos relevantes e adequados à persona. Assim, a chance de a compra se efetivar é maior, bem como há um aumento da fidelização dos clientes.

Por exemplo: se você tem uma consultoria financeira e o lead baixa um e-book sobre planejamento financeiro, o workflow pode apresentar conteúdos sobre como economizar no supermercado, desafio das 52 semanas e como um especialista pode ajudar a equilibrar as finanças. No final, você apresenta sua empresa como referência para ajudar a persona.

Otimização de resultados

A estratégia de e-mail marketing facilita a mensuração e análise de resultados, porque todos os Key Performance Indicators (KPIs) podem ser facilmente obtidos pela maioria das plataformas do mercado. Essa ação permite saber o que é preciso ajustar e os itens já positivos.

Entre os indicadores a serem acompanhados estão as taxas de conversão, abertura e entrega de e-mails, cancelamentos, reclamações por spam e mais. Com a segmentação, os resultados são melhorados, como já vimos anteriormente pelas estatísticas apresentadas.

Aumento da produtividade

Uma plataforma de automação possibilita agendar e enviar as mensagens automaticamente para a lista segmentada. Também é possível nutrir essa base de dados para garantir que a segmentação seja realmente eficaz e surta os efeitos esperados.

Humanização do contato

A segmentação oferece a mensagem certa para o público-alvo correto. Porém, ela tem uma função primordial, que é fornecer um contato humanizado. O objetivo é mostrar para o lead que ele é importante para seu negócio e faz a diferença. O resultado é o destaque diante do mercado competitivo.

A humanização depende diretamente da personalização das mensagens. Ela faz parte do atendimento aos clientes e possibilita que eles tenham uma experiência de compra única. 

Fidelização dos clientes

Esse é o principal objetivo das marcas, mas é um dos maiores desafios que existem. Um cliente só será fidelizado se ele gostar dos produtos e serviços, for bem atendido e, mais do que tudo, vivenciar uma experiência realmente diferente com sua empresa.

Todo esse esforço, porém, vale a pena. O lead se torna um verdadeiro fã da marca e tende a atrair mais consumidores ao seu negócio.

Aumento do engajamento

A segmentação das mensagens aumenta a relevância do conteúdo, fator que impacta diretamente o engajamento. Esse aspecto é importante para aumentar o retorno sobre o investimento (ROI) e o lucro.

Na prática, o que acontece é que um e-mail interessante faz com que o lead execute a ação proposta, por exemplo, acessar um conteúdo. Essas atitudes refletem nas vendas e elevam a reputação da sua empresa.

Desse modo, fica evidente que a segmentação de e-mail é uma ferramenta poderosa para alcançar os objetivos estabelecidos. Então, que tal começar a usar essa abordagem?

A All In possui um recurso de segmentação que permite a construção e o envio de campanhas baseadas no comportamento do usuário em ações anteriores no e-mail e no seu e-commerce. Nesse caso, é possível criar campanhas segmentadas até pelo o que seu cliente buscou no e-commerce. Quer saber mais? Envie uma mensagem para nós.

Além disso, confira nosso guia de e-mail marketing!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *