Escrito por 17:05 Sem categoria

Email marketing X Catálogos: eficiência, economia e maior sustentabilidade

Adotado pelas grandes corporações como importante ferramenta, o email marketing passa a fazer parte da rotina das empresas de médio e de pequeno porte de vários segmentos. Não só do comércio varejista. Fabricantes de tintas, por exemplo, já usam a ferramenta para falar com um dos públicos de interesse, os representantes de vendas, ao todo 130 mil pessoas espalhadas por todo Brasil.

Adotado pelas grandes corporações como importante ferramenta, o email marketing passa a fazer parte da rotina das empresas de médio e de pequeno porte de vários segmentos. Não só do comércio varejista. Fabricantes de tintas, por exemplo, já usam a ferramenta para falar com um dos públicos de interesse, os representantes de vendas, ao todo 130 mil pessoas espalhadas por todo Brasil.
“As empresas estão trocando os velhos catálogos por email marketing, é mais eficiente, mais barato e ecologicamente mais correto”, disse Michel Araújo, Chief Technology Officer da All In Mail, empresa especializada neste segmento.
Segundo ele, a eficiência vem do fato de que é possível monitorar a interação da pessoa que recebe com o email marketing, se foi lido, quando, quais os aspectos que mais chamaram a atenção etc.
A preocupação com os custos também tem levado as empresas a optarem pelo email marketing. Só para dar ideia, para a produção de um folder, o gasto médio para cada mil unidades é de R$ 500,00, levando em conta a produção e impressão do material. Sem incluir a distribuição. No caso do email marketing, são necessários apenas R$ 4,50 para o disparo de mil mensagens.
Mudança de imagem
Visto a princípio como apenas um estorvo nas caixas postais de todos nós, o email marketing pouco a pouco vai ganhando status de ferramenta de comunicação corporativa e das mais eficazes.
Por mês, em média são enviados 3 bilhões de emails em todo país e 90 bilhões no mundo, nesse universo, tem sucesso apenas aquela mensagem que chega para a pessoa interessada em determinado produto ou serviço, enviada de maneira eficiente (ou seja que chega na caixa postal) e no momento oportuno (Natal, por exemplo). O resto é spam, ou seja, mensagem indesejada que vai parar no lixo eletrônico e não motiva venda, ao contrário, arranha a imagem da empresa.
Michel Araújo aposta na transformação do email marketing só para melhor. A chamada evolução da análise do comportamento do usuário de internet está evoluindo a passos largos. Os provedores analisam o comportamento do usuário na hora de ler seus emails, se ele abre, se clica na mensagem e, com isso, priorizam na caixa postal o que é mais relevante para cada pessoa e mandam para o lixo eletrônico aquilo que não desperta interesse do usuário.
Desta forma, a mensagem de email marketing direcionada ao interesse do cliente vai chegar nas mãos dele como prioridade e vai surtir efeito. Empresários sabem disso e lançam mão do recurso.

(Visited 68 times, 1 visits today)

Sharing is caring!

Tags:, , , , , Última modificação: 3 de novembro de 2020
Fechar