Escrito por 09:33 Imprensa

E-commerce Brasil desmistifica entregabilidade no email marketing em workshop

Na última quinta-feira, 26 de julho de 2012, os principais fatores que influenciam na entrega do email marketing foram discutidos durante workshop do E-Commerce Brasil. Realizado na sede do projeto, em São Paulo, a atividade reuniu cerca de 30 pessoas, entre lojistas virtuais e profissionais do setor.

Na última quinta-feira, 26 de julho de 2012, os principais fatores que influenciam na entrega do email marketing foram discutidos durante workshop do E-Commerce Brasil. Realizado na sede do projeto, em São Paulo, a atividade reuniu cerca de 30 pessoas, entre lojistas virtuais e profissionais do setor.
Na ocasião, Any Zamaro, coordenadora de produto e Bárbara Gengo, analista de comunicação, ambas da All In Mail, abordaram diversos fatores importantes durante todo o desenvolvimento da campanha que podem comprometer a entrega e o resultado final, desde a produção do HTML, disparo até os significados e importância do opt-in e opt-out.
“É importante entender que o layout de um email não deve ser igual ao de um site. Os provedores de email não interpretam uma série de atributos do HMTL. Além disso, deve-se evitar fazer tudo em CSS, uma vez que além de comprometer a entregabilidade, pode causar problemas na abertura da peça em diferentes navegadores”, afirma Any.

Outro ponto discutido foi quanto à personalização da mensagem. “Já é comprovado em pesquisas que, ao chamar o cliente pelo nome no título do email, a taxa de abertura aumenta”, explica Any. No entanto, a profissional faz uma ressalva. “Tem que tomar cuidado com o remetente, às vezes personalizamos o envio, porém sai como automatico@loja.com.br. Por mais que o cliente saiba disso, mexe com o emocional ver descaradamente que ele está em uma lista de disparos automatizados”, completa.
A entregabilidade e as blacklists também foram temas bastante difundidos no debate. No entanto, o que mais chamou a atenção ao final da discussão foram as questões de Opt-in e Opt-out.
“Muitas vezes, para se proteger contra blacklists, a loja virtual precisa ter um sistema que comprove que aquele usuário se cadastrou na sua base. Já no caso do Opt-out, é preciso deixar a opção bem clara para o internauta. O lojista tem que entender que é melhor ele permitir que o destinatário saia da base, do que denuncie o domínio como spam”, explica Bárbara.

O workshop do projeto E-commerce Brasil fez parte da quinzena temática de “Email Marketing e Bases Segmentadas”.
Publicado em http://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/e-commerce-brasil-desmistifica-entregabilidade-no-e-mail-marketing-em-workshop/

Sharing is caring!

(Visited 13 times, 1 visits today)
Última modificação: 30 de outubro de 2020
Fechar
shares